Fisiologia Pós-colheita

Home      Tecnologia     Fisiologia      Horticultura      Horticultura Ornamental      Pesquisa

 

 

Mestrado em Ciência e Tecnologia Pós-colheita

Disciplina de Fisiologia Pós-colheita

Ano Lectivo de 2003/04, 2º Trimestre

 

Professor responsável: Doutor Domingos Almeida, Secção Autónoma de Ciências Agrárias, Faculdade de Ciências do Porto
Email: dalmeida@fc.up.pt
Telefone: 252-660-400
Carga horária total: 15 horas de aulas teóricas
Unidades de crédito: 1,0

 

INTRODUÇÃO

A disciplina está concebida para abordar de forma teórica aspectos avançados da fisiologia da maturação e senescência de órgãos vegetais. Estes conhecimentos serão constantemente utilizados para fundamentar as perdas quantitativas e qualitativas que ocorrem no período pós-produção de frutas, legumes e flores cortadas.

Esta disciplina é complementada com a disciplina de Tecnologia Pós-colheita, onde se estudam aspectos de engenharia que permitem a manutenção da qualidade entre a colheita e o consumo e as disciplinas de integração, Pós-colheita de Produtos Hortofrutícolas e Pós-produção de Plantas Ornamentais.

 

OBJECTIVOS

A disciplina tem como objectivo proporcionar aos alunos a oportunidade de aprenderem as bases fisiológicas das perdas quantitativas e qualitativas que ocorrem no período pós-produção dos produtos hortícolas (sentido amplo do termo).

 

AVALIAÇÃO

A avaliação será efectuada por exame final, cobrindo toda a matéria.

 

PROGRAMA

1.      Panorâmica da ciência e tecnologia pós-colheita

2.      Fisiologia da senescência e morte

3.      Cinética do crescimento, actividade receptora e consequências da colheita

4.      Alterações estruturais e funcionais nas membranas durante a senescência e danos causados pelo frio

5.      Respiração e homeostasia. Respostas às variações de concentração de CO2 e de O2 na atmosfera

6.      Biossíntese e acção do etileno

7.      Fisiologia e bioquímica das alterações de cor

8.      Fisiologia e bioquímica das alterações de aroma e de sabor

9.      Parede celular e alterações de textura

10.  Aspectos fisiológicos e bioquímicos da patologia pós-colheita

 

 

BIBLIOGRAFIA

 

O material apresentado nas aulas será baseado em artigos científicos ou revisões recentes. Ocasionalmente artigos clássicos, que definiram os conceitos e teorias vigentes serão discutidos.

Os livros listados a seguir são livros de referência para a obtenção de bases em diversos tópicos:

Brett, C. T. & Waldron, K. W. 1996. Physiology and biochemistry of plant cell walls. Second edition. Chapman & Hall, London.

Contreiras, J. 1992. Fisiologia e bioquímica da respiração das plantas superiores. Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa.

Eskin, N. A. M. 1990. Biochemistry of foods. Second edition. Academic Press, San Diego.

Kays, S. J. 1997. Postharvest physiology of perishable plant products. Exon Press. Athens, Georgia.

Seymour, G. B., Taylor, J.E. and G.A. Tucker (Editors). 1993. Biochemistry of fruit ripening. Chapman & Hall.

Weichmann, J. 1987. Posharvest physiology of vegetables. Marcel Dekker, New York.

Wills, R., McGlasson, B., Graham, D. & Joyce, D. 1998. Postharvest. An introduction to the physiology and handling of fruit, vegetables and ornamentals. Fourth edition. CAB International, Wallingford, Oxon.

 

Revisões de bioquímica e de fisiologia

Buchanan, B. B., Gruíssem, W. & Jones, R. L. 2000. Biochemistry and molecular biology of plants. American Society of Plant Physiologists, Rockville, Maryland.

Dey, P. M. & Harborne, J. B. 1997. Plant biochemistry. Academic Press, San Diego.