Home Programa Calendário Documentação Pesquisa

Guia de Trabalhos Práticos | Floricultura e Plantas Ornamentais

 

Propagação vegetativa de plantas ornamentais

C. Mergulhia e suas modificações naturais

 

Propagação de Chlorophytum por estolhos

 

Introdução

A mergulhia é uma técnica de propagação vegetativa de plantas que consiste em promover a formação de raízes adventícias num caule, colocando-o em contacto com o solo ou com um substrato, enquanto ele ainda se encontra ligado à planta-mãe. Foi uma técnica muito utilizada em plantas em que sucesso da estacaria era baixo. Com o aperfeiçoamento da tecnologia de propagação por estacaria – com os sistemas de aquecimento e de controlo da humidade atmosférica e do substrato – a mergulhia foi caindo em desuso devido à reduzida taxa de multiplicação que proporciona.

As técnicas de mergulhia podem ser classificadas nos seguintes tipos:

1. Por curvatura e enterramento de ramo

1.1. Simples (Magnolia grandiflora, Rhododendron, Acer)

1.2. Total, chinesa ou cameação

1.3. Múltipla ou em serpentina (Trepadeiras como Clematis, Wisteria)

1.4. Invertida

2. Por amontoa (Hibiscus, Potentilla)  

3. Aérea ou alporquia (Ficus,elastica, outros Ficus, Cordyline, Dracaena, Schefflera, Hibiscus)

A mergulhia aérea ou alporquia é uma técnica que ainda encontra alguma aplicação na Horticultura Ornamental, quer na propagação de plantas por amadores que ainda nos países tropicais e sub-tropicais, que possuem excelentes condições para a produção de diversas plantas envasadas.

Nalgumas plantas, caules especializados podem formar raízes adventícias neturalmente, enquanto

ligados à planta-mãe, propagando a planta por uma mergulhia natural. É o caso dos estolhos, caules especializados que se desenvolve a partir da axila de uma folha, cresce horizontalmente sobre o solo e forma novas plantas em alguns dos nós. Exemplos de plantas ornamentais que produzem estolhos: Saxifraga e Chlorophytum comosum.

A divisão de tufos e a utilização de rebentos da base já enraizados, são também formas de propagação de plantas semelhantes à mergulhia.

Objectivos

Utilizar a mergulhia aérea ou alporquia para propagar Ficus elastica.

Propagar Saxifraga e Chlorophytum comosum por estolhos.

  

Materiais

Navalha afiada

Plástico opaco

Substrato à base de turfa

Palitos

Elásticos ou ráfia

Toalhete de papel

Vasos pequenos

Grampos de arame

Material vegetal

Ficus elástica

Saxifraga

Chlorophytum comosum

  

Procedimento

Alporquia em Ficus elastica

1. Amarre uma porção de plástico opaco em torno de um ramo de Ficus elástica de forma a fazer uma bolsa.

2. Acima do plástico, efectue duas incisões em lados opostos do ramo, no sentido acrópeto (de baixo para cima).

3. Limpe o látex com um toalhete de papel.

4. Parta um palito a meio e insira-o no corte para evitar que este feche.

5. Humedeça um bocado de turfa de forma a que a água escorra por entre os seus dedos quando comprime a turfa com a mão.

6. Coloque a turfa em torno do caule, cobrindo os cortes, envolvendo-a com o plástico.

7. Amarre a parte superior do plástico ao caule fazendo uma bolsa fechada em volta da turfa.

8. No final do semestre, remova a turfa e observe se ocorreu enraizamento. Neste caso, corte o ramo abaixo da zona onde se formaram as raízes e plante num vaso.

 

Propagação por estolhos

1. Encha pequenos vasos de um substrato à base de turfa.

2. Disponha os pequenos vaso em torno do vaso com o pé-mãe de Saxifraga e de Chlorophytum comosum.

3. Coloque as pequenas plantas formadas nos nós dos estolhos em contacto com o substrato e prenda-as com um grampo.

4. No final do semestre, verifique o enraizamento das novas plantas e corte os estolhos que as ligam à planta-mãe.

  

Sugestões de leitura

Hartmann, H. T., Kester, D. E., Davies, F. T. & Geneve, R. L. 1997. Chapter 15. Layering and its natural modifications. In Plant propagation. Principles and practices. Sixth edition. Prentice-Hall, Upper Saddle River, New Jersey. pp. 502-519.

 

Home | Ensino | Investigação | Perfil Pessoal | Contactos

Copyright Domingos Almeida 1999-2004. Todos os direitos reservados.
Última actualização: 16/03/04.